África do Sul

As tribos Khoikhoi e San, dentre outras, habitaram a África do Sul por milhares de anos, apesar de pouco se saber sobre elas. Em 1652 os holandeses estabeleceram um acampamento de exploração em Cape Town e, a partir daí, imigrantes franceses, alemães e ingleses também se mudaram para o país. A Central do Estudante pode te levar para lindos e exóticos destinos na África do Sul através de um intercâmbio.

Vinda de um passado de misturas étnicas, culturais e religiosas, a África do Sul só poderia ser uma nação rica em diversidade. O povo sul-africano sabe que o sucesso vem com o trabalho em equipe! Elestambém são muito hospitaleiros e educados. O povo acolhedor e os locais exuberantes como a Table Mountain, Ilha Robben e os Mercados verdes vão te encantar! Vem para a Central do Estudante que te contaremos muito mais!

Com cerca de 50 milhões de habitantes, a população é constituída de uma mescla de 9 povos diferentes. Os Sul-africanos têm orgulho de manterem grande parte da sua herança cultural e étnica. Um exemplo disto é que mesmo com o Cristianismo, Islamismo, Igreja Reformista da Holanda, Igreja Metodista, Igreja Anglicana, Igreja Luterana, Igreja Presbiteriana, Hinduísmo e Judeus ainda 20% do povo seguem antigas Crenças Indígenas e outros 10% seguem a Igreja Africana Cristã de Zion e outras Igrejas Africanas Independentes.

Por possuírem esta variedade de religiões, os africanos se casam de diversas maneiras de acordo com suas crenças e muitas vezes não há casamento civilem cartório. Eas leis Sul-africanas são válidas mesmo para casamentos somente religiosos.

Uma tradição muito comum nos casamentos é o pagamento á família da noiva do “Preço da Noiva”. O noivo muitas vezes leva muito tempo para conseguir pagar todo o valor da noiva, chamado de Lobola, e em alguns casos o casal chega até a já ter filhos antes do valor se totalmente pago.

A culinária deste país não poderia ser diferente de sua história! Com muita variedade de carnes, vegetais, peixes, frutas, tortas, chás, vinhos, leites e cervejas. Além de sofrer muita influência da culinária indiana, os pratos típicos sul-africanos costumam ter bastante pimenta, carne e assim como no Brasil, arroz e feijão!

A educação é muito importante para este país, sendo obrigatória até o jovem completar 15 anos. Eles são ensinados na sua língua nativa até o sétimo grau e então somente em inglês. Há no total 19 universidades no país.

Além da educação, os esportes também desempenham um papel importante para os Sul-africanos. Todas as etnias distribuídas na áfrica do Sul valorizam muito os esportes competitivos. Os mais populares são o Futebol, Rugby e Criquet.

Olhando para a história da África do Sul podemos entender de onde veio tanta diversidade. Antes de ser uma colônia da Inglaterra, a África do Sul era ponto de abastecimento de navios da Holanda, Alemanha e da França. Somente em 1814 que a Inglaterra colonizou Cape, e posteriormente outras cidades próximas.

No fim do século 19, houve a descoberta de ouro e diamantes na região o que desencadeou uma guerra entre o povo local, chamado Boers e os Britânicos.
Com a vitória da Inglaterra, esta unificou as regiões de Cape, Natal e as Repúblicas dos Boers de Orange Free State e Tranvall e as nomeou de União da África do Sul.

Na década de 60, os Sul Africanos conquistaram sua independência. O Congresso nacional Africano, (African Nacional Congress – ANC) criado em 1914, foi banido em 1960 por possuir uma linha comunista. Assim a ANC iniciou uma luta por seus direitos. Muitos ativistas foram presos, inclusive Nelson Mandela. Em 1980, sansões internacionais isolaram o país e prejudicaram sua economia.

Na década de 90, o governo se reformou e Nelson Mandela foi liberado assim como outros ativistas. E o ANC foi legalizado tendo a partir de então uma nova forma de atuação e ideologias. Em 1994 Mandela foi eleito presidente e desde 1996 aÁfrica do Sul possui em sua constituição a defesa e garantia dos direitos de igualdade para todos os civis.

Hoje a África do Sul é o país mais rico do continente Africano. Sua economia é baseada na exportação de ouro, platina e diamantes. O vinho e o turismo também exercem peso neste âmbito.

Apesar do grande contraste entre ricos e pobres e o alto índice de aidéticos, a África do Sul conseguiu ao longo de sua história se destacar em meio a tantas mudanças de diretriz. A população representa não somente a riqueza em diversidade, como também um exemplo de tolerância e acolhimento cultural.  Hoje, enraizado nos sul-africanos, está o desejo de cooperação e colaboração com a coletividade. Com uma cultura tão rica, suas expectativas poderão ser superadas!

A Central do Estudante tem parceria com as escolas de melhor desempenho e reputação. Venha saber mais! Entre em contato com nossos consultores:
(31) 3232-3232 ou contato@centraldoestudante.com.br

INFORMAÇÕES ÚTEIS
Visto Consulte a Central do Estudante
Moeda Rand
Fuso Horário GMT + 2:00
Idioma Inglês sul-africano, Africâner e mais 9 outros idiomas.
Clima Tropical (maior parte), Mediterrâneo (sul), Árido Tropical (norte), De Montanha (oeste).
Voltagem 220/230 V
Capital Cidade do Cabo
População 49.991.300 habitantes
Comida típica Braai (espécie de churrasco), Bitong (bife de carne seca)
CUSTO DE VIDA
Refeição simples USD 9,15
Combo Fast Food USD 4,90
Lata de Coca USD 1,00
Garrafa de Água 500 ml USD 0,85
Lata de Cerveja USD 1,45
1 litro de leite USD 1,15
Super Dica da Central  A diversidade étnica é enorme
1 dúzia de ovos USD 2,20
Bandeirada inicial do táxi USD 3,40
Gasolina USD 1,30
Cinema USD 5,30
 Tipo de tomada
 
 Atualizado em out/2012